Arquivo para tratamento

13 dicas para parar de fumar. Então, tome coragem !

Posted in dica, mal hábito with tags , , , , , , , , , , , on maio 24, 2008 by dr.lichtenstein

Seja mais feliz, pare de fumar !

Você anda cansado(a) e sem disposição? Talvez seja um sinal de que está na hora de parar de fumar.

Que o cigarro provoca graves enfermidades como impotência (disfunção erétil), vários tipos de cânceres, problemas pulmonares e uma série de complicações para a nossa saúde ninguém desconhece.

Então, porque muitas pessoas continuam fumando?

O fumo é um vício que causa dependência e exige muitas vezes o acompanhamento de profissional para a condução do tratamento.

Entretanto, muitas pessoas conseguem se livrar do vício sem contar com a ajuda de nenhuma medicação, apenas baseadas na sua força de vontade.
Se você está pensando em parar de fumar sozinho, então leia as 13 dicas para que você largue para sempre o cigarro e entre de vez para o time dos não-fumantes.

#1 – É difícil parar de fumar, tenha consciência disso! Sabemos que não é fácil parar de fumar e você deve saber disso também. Não desista na primeira adversidade, lembre-se: muitos conseguiram e você conseguirá também! Pense nos benefícios de levar uma vida mais saudável.
#2 – Antes de parar de fumar, prepare-se, compre gengibre e água. Eles serão muito úteis depois.
#3 – Defina um dia para parar de fumar definitivamente. Não deixe para parar “quando der vontade”. Marque um dia e seja rigoroso. Geralmente datas marcantes como Ano Novo e aniversários, por exemplo, são boas ocasiões e servem como estímulo adicional.
#4 – Ao se aproximar da data marcada, vá reduzindo gradativamente o número de cigarros por dia.
#5 – Avise as pessoas mais próximas e estimule-os a cooperar nessa empreitada. Diga que você está tomando essa atitude pensando no bem estar de todos vocês.
#6 – No dia marcado, livre-se dos seus objetos de fumante como carteiras de cigarro, isqueiros e cinzeiros.
#7 – Avise seus amigos fumantes de que você parou de fumar e tente ficar longe de “fumadores compulsivos” por um bom tempo. Caso seja impossível ficar longe do cigarro alheio, pense neles, não como inveja, mas como pessoas que estão abreviando suas vidas.
#8 – Comemore as datas especiais, como “uma semana sem fumar” ou “um mês sem fumar”, fazendo um brinde ou agradecendo aquelas pessoas que estão lhe ajudando.
#9 – Escove os dentes imediatamente após as refeições para reduzir a vontade de fumar
#10 – Quando tiver vontade de fumar, masque um pedaço de gengibre ou beba água. Além de reduzir a vontade, ainda são ótimos para a sua saúde.
#11 – Antes de dar uma tragada, pense no motivo que está lhe levando a uma recaída. Algumas pessoas sentem os efeitos da síndrome da abstinência (ansiedade, aumento de apetite, dor de cabeça, entre outros) e acabam fumando impulsivamente. Tente pensar duas vezes, antes de ter uma recaída.
#12 – Inicie a prática de uma atividade física. O exercício produz a endorfina, substância que proporcina prazer nas atividades físicas. Caminhar diariamente é uma excelente prática de exercícios e não exige muito investimento. Na maioria das vezes, aquele par de tênis velho é o único requisito necessário.
#13 – Pergunte ao gerente do seu banco quanto você poupará em 10 anos, se deixar de fumar. Você se surpreenderá com a quantia que irá poupar. Com certeza, será o suficiente para realizar a viagem dos seus sonhos.
Caso mesmo assim você não consiga parar de fumar sozinho(a), não pense duas vezes antes de procurar o auxílio de um especialista.

Existem medicamentos eficientes no mercado que, com a devida orientação médica, podem lhe ajudar a abandonar o cigarro para sempre. Medicamentos recentes, como a terapia de reposição de nicotina, apresentam resultados bem satisfatórios.

Aproveite para perguntar ao seu médico quanto você estará ganhando na sua qualidade de vida.

Declare guerra à celulite

Posted in dica with tags , , , , , , , , , , , , on maio 24, 2008 by dr.lichtenstein

Adeus celulite !!!

A celulite é uma síndrome clínica que pode ser definida como uma alteração do tecido adiposo subcutâneo que retém líquido e toxinas entre as células, provocando uma alteração circulatória local.

A celulite se manifesta como um processo inflamatório que atinge a camada de gordura abaixo da nossa pele, afetando a circulação de micronutrientes entre as células e a liberação de toxinas provenientes do metabolismo. Externamente ela assemelha-se com uma “casca de laranja”.

As causas que a provocam são complexas, de origem multifatorial, mas sabe-se que entre os fatores desencadeantes encontram-se os desequilíbrios hormonais e hábitos alimentares errados, tais com o excesso de álcool, tabagismo e toda a alimentação composta de refinados.

Existem várias formas terapêuticas para seu combate. A tendência moderna é a interação de métodos, entre os quais, a massagem manual que promove a melhora da circulação local, e a drenagem linfática, que atua na circulação periférica eliminado as toxinas provenientes do metabolismo.

A massagem manual deve ser encarada como um tratamento complementar e preventivo, mas apresenta uma vantagem sobre outros métodos: não possui contra indicações e nem efeitos colaterais.

Entretanto, um estilo de vida saudável, com uma alimentação balanceada e mais natural, associada a exercícios físicos regulares, são fundamentais para que a celulite se mantenha estável ou controlada e, até mesmo, em casos não muito avançados da doença, possa regredir a níveis imperceptíveis.

Acne, pesadelo dos adolescentes

Posted in dica, doença with tags , , , , , , , , , , , , , on maio 22, 2008 by dr.lichtenstein

Acne tem tratamento

A Acne, popularmente conhecida como cravos ou espinhas, é uma doença inflamatória da pele. O aumento da produção de sebo, causada pela elevação de hormônios sexuais, principalmente na adolescência, obstrui o canal de secreção da glândula sebácea.

Essa obstrução acaba por formar o cravo, pontinho branco ou escurecido, que se manifesta principalmente no rosto, costas, peito e ombros. Algumas vezes, esses poros obstruídos se infeccionam formando bolhas cheias de pus, conhecidas como espinhas.

Causas da Acne

A Acne é considerada uma doença multifatorial, ou seja, possui mais de uma causa específica.
Entre as mais importantes, podemos citar:

  • predisposição genética;
  • alterações hormonais, principalmente na adolescência;
  • uso de alguns medicamentos (como a cortisona);
  • utilização de cosméticos e cremes inadequados,

Conseqüências da acne

A acne é uma doença que pode deixar cicatrizes, se alguns cuidados não forem tomados.
O costume de espremer as espinhas deve ser evitado, pois além de não resolver o problema, pode causar lesões deixando cicatrizes e manchas na pele.
A extração dos cravos ou espinhas deve ser feita por um médico ou cosmetólogo, pois, embora essas marcas não deixem seqüelas para a nossa saúde, é importante frisar que essas cicatrizes podem afetar a auto-estima, principalmente na adolescência.

Tratamento

A acne é uma doença, logo deve ser tratada por um profissional da saúde.
O primeiro passo é detectar a causa da acne, geralmente associada ao aumento da secreção sebácea, mas que pode variar em cada caso específico.

Existem muitos produtos no mercado, muitos até sem efeitos comprovados, por isso um dermatologista deve ser consultado, pois quando não tratada, a acne pode deixar cicatrizes na pele.

Seu dermatologista indicará o tratamento mais adequado para o seu caso.

Os tratamento mais usuais, são:

  • esfoliação da pele (“peeling”), com o uso de substâncias químicas;
  • antibióticos tópicos, como cremes e loções;
  • antibióticos orais (comprimidos);
  • tratamento hormonal;
  • retinóides tópicos (geralmente em gel);
  • retinóides orais;
  • entre outros.

Antidepressivo natural

Posted in dica with tags , , , , , , , , , on maio 18, 2008 by dr.lichtenstein

Erva de São João
A erva de São João é um conhecido antidepressivo natural, auxiliando no tratamento de distúrbios do sono e até insônia.

Ameniza também os sintomas da TPM (Sindrome ou Tensão Pré-Menstrual).

Por ser uma planta antivirótica e antibacteriana, alivia as inflamações, sendo excelente para tratamento de feridas e queimaduras e melhorando o desempenho do sistema imunológico.

Outra dica são os remédios naturais a base de Piper methysticum, popularmente conheciada como Kava Kava, podem ser usados para controlar a ansiedade e as depressões leves.

Além disso, a Kava kava contém a molécula lactona, que age como relaxante muscular o que contribui também, para regular os disturbios do sono.