Archive for the mal hábito Category

Por que é tão dificil fazer com que os órgãos doados sejam transplantados?

Posted in homem, mal hábito, mulher with tags , , , , , , , , , on agosto 1, 2008 by dr.lichtenstein

Por que ocorre?

Porque parte dos profissionais da área de saúde ainda não está consciente da importância, necessidade e da responsabilidade humanitária da doação de órgãos para transplante.

Porque a despeito da existência de uma legislação moderna sobre o tema, existe, como pano de fundo,um sistema de saúde desorganizado, mal remunerado e impune.

Todos os casos de morte encefálica – com ou sem doação de órgãos – devem ser imediatamente notificados para as Secretarias Estaduais de Saúde sob pena de sanções previstas em lei.
Infelizmente menos de 25% dos casos são notificados.

Alívio natural para os gases

Posted in dica, homem, mal hábito, mulher with tags , , , , , , on julho 8, 2008 by dr.lichtenstein
Flatulência não !

Flatulência não !

Quais as plantas que ajudam a melhorar os sintomas de estômago dilatado, má digestão e gases?

Para tratar os problemas gastrointestinais, tome um chá ou tintura antitóxica e digestiva a base de folhas de Boldo, Alcachofra, Genciana e Beladona, 1 xícara de chá 3 x ao dia.

Para gases, gastrite e úlcera, faça um chá de espinheira santa, através de infusão de 1 colher de sopa das folhas fatiadas mais 2 copos de água fervente.

  • Deixar em infusão por 15 minutos abafado
  • coe e beba 3 xícaras ao dia.

Outras plantas que auxiliam no tratamento, são:

  • Graçatonga;
  • Camomila;
  • Romã;
  • Beringela;
  • Sete Sangrias;
  • Bardana;
  • Carqueja;
  • Jurubeba;
  • Trevo;
  • Linhaça;
  • Erva doce;
  • entre outras.

Diga adeus ao mau hálito !

Posted in dica, mal hábito with tags , , , , , , on junho 15, 2008 by dr.lichtenstein

Bafo bafo, tchau !!!

O Cravo da Índia combate a cárie porque ajuda a eliminar a bactéria streptococcus mutans, a principal responsável pelas cáries.

Por sua ação bactericida, o cravo também combate o mau cheiro da boca, provocado pelo acúmulo de microorganismos (mau hálito).

A salsinha e o hortelã (menta pipetita), por sua vez, também auxiliam no tratamento contra mau hálito.

O juá é outro aliado no combate ao mau hálito. Ele é extraído da árvore do juazeiro e as propriedades naturais de limpeza de sua espuma são usadas há muitos anos para limpar os dentes, que ficam protegidos, fortes e saudáveis.

Ferva 1 copo de água e despeje sobre 1 Cravo da Índia.

Deixe em infusão, tampado, por aproximadamente 15 minutos.

Deixe esfriar e faça bochechos após escovar os dentes.

13 dicas para parar de fumar. Então, tome coragem !

Posted in dica, mal hábito with tags , , , , , , , , , , , on maio 24, 2008 by dr.lichtenstein

Seja mais feliz, pare de fumar !

Você anda cansado(a) e sem disposição? Talvez seja um sinal de que está na hora de parar de fumar.

Que o cigarro provoca graves enfermidades como impotência (disfunção erétil), vários tipos de cânceres, problemas pulmonares e uma série de complicações para a nossa saúde ninguém desconhece.

Então, porque muitas pessoas continuam fumando?

O fumo é um vício que causa dependência e exige muitas vezes o acompanhamento de profissional para a condução do tratamento.

Entretanto, muitas pessoas conseguem se livrar do vício sem contar com a ajuda de nenhuma medicação, apenas baseadas na sua força de vontade.
Se você está pensando em parar de fumar sozinho, então leia as 13 dicas para que você largue para sempre o cigarro e entre de vez para o time dos não-fumantes.

#1 – É difícil parar de fumar, tenha consciência disso! Sabemos que não é fácil parar de fumar e você deve saber disso também. Não desista na primeira adversidade, lembre-se: muitos conseguiram e você conseguirá também! Pense nos benefícios de levar uma vida mais saudável.
#2 – Antes de parar de fumar, prepare-se, compre gengibre e água. Eles serão muito úteis depois.
#3 – Defina um dia para parar de fumar definitivamente. Não deixe para parar “quando der vontade”. Marque um dia e seja rigoroso. Geralmente datas marcantes como Ano Novo e aniversários, por exemplo, são boas ocasiões e servem como estímulo adicional.
#4 – Ao se aproximar da data marcada, vá reduzindo gradativamente o número de cigarros por dia.
#5 – Avise as pessoas mais próximas e estimule-os a cooperar nessa empreitada. Diga que você está tomando essa atitude pensando no bem estar de todos vocês.
#6 – No dia marcado, livre-se dos seus objetos de fumante como carteiras de cigarro, isqueiros e cinzeiros.
#7 – Avise seus amigos fumantes de que você parou de fumar e tente ficar longe de “fumadores compulsivos” por um bom tempo. Caso seja impossível ficar longe do cigarro alheio, pense neles, não como inveja, mas como pessoas que estão abreviando suas vidas.
#8 – Comemore as datas especiais, como “uma semana sem fumar” ou “um mês sem fumar”, fazendo um brinde ou agradecendo aquelas pessoas que estão lhe ajudando.
#9 – Escove os dentes imediatamente após as refeições para reduzir a vontade de fumar
#10 – Quando tiver vontade de fumar, masque um pedaço de gengibre ou beba água. Além de reduzir a vontade, ainda são ótimos para a sua saúde.
#11 – Antes de dar uma tragada, pense no motivo que está lhe levando a uma recaída. Algumas pessoas sentem os efeitos da síndrome da abstinência (ansiedade, aumento de apetite, dor de cabeça, entre outros) e acabam fumando impulsivamente. Tente pensar duas vezes, antes de ter uma recaída.
#12 – Inicie a prática de uma atividade física. O exercício produz a endorfina, substância que proporcina prazer nas atividades físicas. Caminhar diariamente é uma excelente prática de exercícios e não exige muito investimento. Na maioria das vezes, aquele par de tênis velho é o único requisito necessário.
#13 – Pergunte ao gerente do seu banco quanto você poupará em 10 anos, se deixar de fumar. Você se surpreenderá com a quantia que irá poupar. Com certeza, será o suficiente para realizar a viagem dos seus sonhos.
Caso mesmo assim você não consiga parar de fumar sozinho(a), não pense duas vezes antes de procurar o auxílio de um especialista.

Existem medicamentos eficientes no mercado que, com a devida orientação médica, podem lhe ajudar a abandonar o cigarro para sempre. Medicamentos recentes, como a terapia de reposição de nicotina, apresentam resultados bem satisfatórios.

Aproveite para perguntar ao seu médico quanto você estará ganhando na sua qualidade de vida.

Bronzeamento artificial é contra-indicado para sua vaidade

Posted in ciência, dica, mal hábito with tags , , , , , on maio 24, 2008 by dr.lichtenstein

Auto-Bronzeamento é perigoso

O Bronzeamento Artificial com raios UVA e UVB (raios ultravioleta A e B) só é indicado para determinados tipos de doenças de pele e a critério de um médico dermatologista, como em alguns casos de psoríase e vitiligo.

Esse tipo de bronzeamento é contra-indicado quando o objetivo é apenas estético, porque os raios podem lesar a pele e trazer danos a médio e longo prazos.

Os problemas vão desde manchas de envelhecimento até o câncer de pele. Vários países têm um controle rígido sobre o bronzeamento artificial devido aos prejuízos causados pela aplicação inadequada deste processo.

Estudos recentes comprovam que muitos anos de exposição a estas lâmpadas (dicróides e fluorescentes), associados a banhos de sol sem proteção, podem provocar o aparecimento de manchas e até câncer de pele.

Um estudo sueco em 1994 concluiu que quem tem menos de 30 anos e se bronzeou 10 vezes ou mais com lâmpadas de UVA em um ano, aumenta em sete vezes as chances de desenvolver melanoma e carcinoma.

Na Inglaterra, segunda colocada mundial de bronzeamento artificial (a campeã é a Alemanha) esta é a segunda forma mais comum de câncer, com 4.000 casos a cada ano e quatro mortes por dia.

As emissões de UVA enfraquecem as células da pele e o sol tomado após as sessões prejudicam ainda mais, pois estas lâmpadas emitem 3 vezes mais raios ultravioletas do que o Sol, sendo assim uma sessão de apenas 15 minutos equivale a passar um dia inteiro na praia.

Mas se estes argumentos não são capazes de convencer – um estudo conduzido por cientistas e biólogos norte-americanos descobriu que os raios UVA usados nas cabines de bronzeamento eram os mais intimamente associados ao desenvolvimento do melanoma em várias espécies de peixes suscetíveis ao câncer.

Conclusão dos cientistas: “Os clientes das cabines de bronzeamento são as cobaias humanas de nossa investigação!”

Portanto Sinal Vermelho às Lâmpadas de UVA e UVB.

Em forma sem esforço ?! Fique ligado.

Posted in dica, mal hábito with tags , , , , , , , on maio 22, 2008 by dr.lichtenstein

Ginástica sem esforço

Os métodos e equipamentos que prometem forma física sem esforço (ginástica passiva) funcionam?

A ginástica passiva é aquela em que a máquina trabalha e você descansa, é absolutamente inócua. Basca colocar um medidor de consumo de oxigênio numa pessoa deitada numa mesa que levanta e abaixa a sua perna automaticamente para verificar que não há alteração nenhuma em relação ao estado de repouso.

Isso significa que os músculos não se contraíram, estão relaxados.

Da mesma forma, os choques elétricos para fortalecer os músculos são uma tremenda enganação.

Seria preciso que eles atingissem uma massa muscular muito grande para terem um efeito similar ao mais simples dos exercícios.

Por meios de choques é impossível atingir os efeitos estéticos anunciados pelas propagandas.

Por que as pessoas fumam? Apague o cigarro!

Posted in mal hábito with tags , , , , , , , , , , , on maio 8, 2008 by dr.lichtenstein

Proibido fumar !

Vários são os fatores que levam as pessoas a experimentar o cigarro ou outros derivados do tabaco. A maioria delas é influenciada principalmente pela publicidade maciça do cigarro nos meios de comunicação de massa que, apesar da lei de restrição à propaganda de produtos derivados do tabaco sancionada em dezembro de 2000, ainda tem forte influência no comportamento tanto dos jovens como dos adultos. Além disso, pais, professores, ídolos e amigos também exercem uma grande influência.

Pesquisas, no Brasil, entre adolescentes mostram que os principais fatores que favorecem o tabagismo entre os jovens são a curiosidade pelo produto, a imitação do comportamento do adulto, a necessidade de auto-afirmação e o encorajamento proporcionado pela propaganda. Noventa por cento dos fumantes iniciaram seu consumo antes dos 19 anos de idade, faixa em que o indivíduo ainda se encontra na fase de construção de sua personalidade.

A publicidade veiculada pelas indústrias soube aliar as demandas sociais e as fantasias dos diferentes grupos (adolescentes, mulheres, faixas economicamente mais pobres etc.) ao uso do cigarro. A manipulação psicológica embutida na publicidade de cigarros procura criar a impressão, principalmente entre os jovens, de que o tabagismo é muito mais comum e socialmente aceito do que é na realidade. Para isso, utiliza a imagem de ídolos e modelos de comportamento de determinado público-alvo, portando cigarros ou fumando-os, ou seja, uma forma indireta de publicidade. A publicidade direta era feita por anúncios atraentes e bem produzidos, mas foi proibida no Brasil. Com a Lei 10.167, que restringe a propaganda de cigarro e de produtos derivados do tabaco, esse panorama tende a mudar a médio e longo prazo.

Os resultados das medidas de restrição à publicidade no controle do tabagismo em vários países mostram que este é um instrumento legítimo e necessário para a redução do consumo.