Cientistas fabricam teia de aranha artificial em laboratório

Teia resistente

Cientistas conseguiram reproduzir em laboratório os primeiros estágios de formação da seda das teias de aranha — um material há muito invejado pela engenharia, por ser ao mesmo tempo leve e super-resistente.

Duas proteínas formam a seda da aranha, a ADF3 e a ADF4. Ao reproduzir o processo em laboratório, com a ajuda de um aparelho de plástico feito especialmente para isso, a equipe do pesquisador Sebastian Rammensee, da Universidade de Munique, na Alemanha, descobriu que era possível produzir teias a partir de ADF3 com ou sem a ADF4, mas não com apenas esta última.

A teia artificial é um pouco mais granulada em comparação com a normal, mas os pesquisadores afirmam que há outros processos das aranhas a serem copiados antes que elas fiquem idênticas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: